Fale conoscoEmail
WhatsAppPhone
TDAH em adultos - Transtorno de Déficit de atenção e Hiperatividade
Compreendendo e Superando os Desafios

TDAH em adultos - Transtorno de Déficit de atenção e Hiperatividade

O Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é um distúrbio neuropsiquiátrico que afeta crianças, adolescentes e também adultos. Caracteriza-se por sintomas de desatenção, hiperatividade e impulsividade. Embora seja mais comumente associado a crianças em idade escolar, estudos recentes têm demonstrado que muitos indivíduos continuam apresentando sintomas na vida adulta.

Prevalência:
Estima-se que o TDAH afete aproximadamente 4% a 5% dos adultos em todo o mundo.

Sintomas:

1. Desatenção: Adultos com TDAH podem ter dificuldade em manter o foco em tarefas, apresentam distrações frequentes, têm dificuldade em organizar suas atividades, são facilmente distraídos e tendem a cometer erros por descuido.
1. Hiperatividade: Embora a hiperatividade seja geralmente mais evidente em crianças, alguns adultos com TDAH ainda podem apresentar inquietação, sensação de inquietude interna, dificuldade em permanecer sentados por longos períodos e uma constante necessidade de se mover.
1. Impulsividade: Adultos com TDAH podem agir impulsivamente, sem considerar as consequências, tomar decisões precipitadas, interromper os outros durante conversas e ter dificuldade em controlar seus impulsos emocionais.

Dificuldades na vida dos portadores de TDAH sem tratamento:
A falta de tratamento adequado para adultos com TDAH pode levar a várias dificuldades na vida diária. Essas dificuldades podem incluir problemas de relacionamento interpessoal, dificuldades profissionais, instabilidade financeira, baixa autoestima, dificuldades acadêmicas, problemas legais devido a comportamentos impulsivos e até mesmo o desenvolvimento de outros transtornos mentais, como ansiedade e depressão.

Causas:
As causas exatas do TDAH ainda não são completamente compreendidas, mas acredita-se que uma combinação de fatores genéticos, neuroquímicos e ambientais esteja envolvida. Estudos sugerem que desequilíbrios nos neurotransmissores, como dopamina e noradrenalina, desempenham um papel importante no desenvolvimento do TDAH.

Opções de tratamento:
O tratamento do TDAH em adultos geralmente envolve uma abordagem multimodal, combinando intervenções farmacológicas e não farmacológicas. Os medicamentos estimulantes, como metilfenidato e anfetaminas, são frequentemente prescritos para reduzir os sintomas de desatenção, hiperatividade e impulsividade. Além disso, intervenções psicossociais, como a terapia cognitivo-comportamental (TCC) e treinamento de habilidades adaptativas, podem ajudar os adultos com TDAH a desenvolver estratégias para lidar com os desafios diários.

Importância do tratamento com um médico psiquiatra:
A consulta com um médico psiquiatra é fundamental para o diagnóstico preciso e o desenvolvimento de um plano de tratamento adequado para o TDAH em adultos. Os psiquiatras têm o conhecimento e a experiência para avaliar os sintomas, diferenciar o TDAH de outras condições semelhantes e prescrever medicamentos apropriados, se necessário. Além disso, o acompanhamento regular com um psiquiatra permite ajustar o tratamento de acordo com as necessidades individuais do paciente, maximizando os benefícios e melhorando a qualidade de vida a longo prazo.
Como agendar consultas?
1 - Fale com minha secretária por whatsapp clicando aqui! Ela responde em horário comercial.

2 - Ou agende você mesmo utilizando o sistema de agenda no site Doctoralia, ativo 24h, abaixo:
Rafael Floriani Goulart - Doctoralia.com.br
Made on
Tilda